Províncias

Governador lamenta a falta de criadores

Lourenço Bule | Bondo-Caíla

O governador do Zaire, Joanes André, lamentou, na comuna do Bondo-Caíla, Cuando Cubango, a ausência da cultura da criação de gado na sua província, que tem grande potencial para o desenvolvimento da actividade.

Fotografia: WWW.JAIMAGENS.COM

Joanes André visitou a primeira feira de gado do Cuando Cubango, realizada de sexta-feira a domingo, em Bondo-Caíla, com o objectivo de recolher experiências para as aplicar no Zaire.
O governador anunciou que em Agosto o Governo Provincial realiza a primeira feira do sector no Zaire, fundamentalmente para incentivar a criação de gado na região.
Na primeira feira de gado da província do Zaire, prometeu, vão estar expostas todas as raças nacionais e algumas internacionais
Joanes André declarou que a feira de gado promovida pelo Governo Provincial do Cuando Cubango, apesar de ser a primeira, foi bastante positiva, pois criou inúmeras oportunidades de negócio e promoveu o desenvolvimento socioeconómico da região.
O governador Joanes André referiu que “nem todo o gado existente na província do Zaire serve para ser apresentado em leilões” e que por essa razão estão a ser adquiridas várias espécies do país com características próprias, para serem distribuídas aos criadores.

Tempo

Multimédia