Províncias

Governo regista casas em zonas de risco

Casas construídas em zonas de risco nalguns bairros da cidade de Mbanza Congo foram já registadas por uma comissão criada pelo Governo Provincial do Zaire, anunciou a vice-governadora para o sector Técnico e Infra-estruturas.

Famílias que vivem em zonas de risco vão ser transferidas para locais mais seguros
Fotografia: Domingos Cadência

Ângela Diogo, que falava durante o encontro provincial sobre contenção de construções em zonas de risco, referiu que 736 casas foram registadas e 618 estão em situação de maior risco. A vice-governadora esclareceu que as famílias vão brevemente ser transferidas para locais mais seguros. Vão receber lotes para a construção das suas casas.
A par da distribuição de lotes de terrenos, as autoridades governamentais vão prestar todo o apoio técnico e material às famílias a realojar.
Ângela Diogo garantiu que o programa de registo e transferência de famílias para zonas de menos risco é extensivo a todos os municípios da província, tendo, por isso, solicitado a colaboração da população no cumprimento das orientações das autoridades administrativas locais.
Estas medidas foram tomadas num encontro com o governador Joanes André, que contou com a presença de administradores municipais e comunais, magistrados, deputados da Assembleia Nacional, representantes de partidos políticos, académicos, entidades tradicionais e religiosas.
Uma comissão para a coordenação e acompanhamento das acções de contenção de construções anárquicas, loteamento e realojamento das famílias residentes em zonas de risco vai ser criada em breve pelo governador do Zaire, Joanes André.
A decisão da criação da comissão resulta do encontro provincial sobre contenção de construções em zonas de risco. Os participantes no encontro consideram necessária a preparação de condições administrativas para a concessão expedita de terrenos em áreas indicadas nos planos directores municipais.
Os participantes no encontro, defendem que assim vão ser evitadas as inúmeras construções de casas em zonas de risco ou em locais inapropriados. O licenciamento das edificações em zonas propícias por parte das entidades administrativas municipais, a proibição da construção em áreas de risco e a demolição das obras em curso em áreas proibidas vão ser competências da comissão.
Os membros do Governo Provincial defendem ainda a necessidade da criação de um programa de sensibilização da população contra as construções anárquicas e em zonas perigosas. Além destes assuntos, os participantes apreciaram igualmente o programa da construção de vias urbanas em Mbanza Congo.

Tempo

Multimédia