Províncias

Hospital Central do Zaire conta com fábrica própria

Kayila Silvina | Mbanza Congo

O Hospital Provincial do Zaire dispõe de uma fábrica de produção de oxigénio para uso clínico, disse, ontem, em Mbanza Congo, o director clínico da unidade clínica.

Fábrica de oxigénio facilita a actividade dos estabelecimentos hospitalares do Zaire
Fotografia: Adolfo Dumbo | Mbanza Congo

Domingos da Silva, que falava durante uma visita do governador José Joanes André ao referido hospital, informou que vão ser instalados manómetros junto das camas dos pacientes para evitar o transporte das botijas de oxigénio dentro das salas de internamento. O director clínico do Hospital Provincial do Zaire esclareceu que o oxigénio produzido na fábrica é distribuído  aos hospitais dos seis municípios da província.
 Salientou que o Hospital Provincial dispõe, neste momento, de novos equipamentos para análises clínicas. O bloco operatório foi também equipado com meios modernos.
Depois da obras de reabilitação e de ampliação, o Hospital Provincial do Zaire viu aumentadas o número de camas de 140 para 250. A fábrica de oxigénio tem capacidade para produzir 20 botijas por dia.

Tempo

Multimédia