Províncias

Hospital Municipal do Soyo

 O município do Soyo registou três casos de dengue em Abril, revelou o chefe da secção municipal de saúde pública e controlo de endemias no Soyo.

José Pedro Cristina explicou que os casos foram detectados após um diagnóstico feito em doentes internados naquela unidade sanitária. “Os pacientes afectados queixavam-se de muitas dores de cabeça, dos membros e das articulações. Após exames clínicos, apurámos que era mesmo dengue”, sublinhou. Os pacientes já tiveram alta estando, neste momento, a receber tratamento em ambulatório. “A população, sobretudo a que reside em zonas periféricas, deve usar sempre os mosquiteiros para evitar eventuais casos de dengue”, aconselhou. As autoridades sanitárias locais estão a realizar estudos em diversos bairros periféricos e ilhas da região, onde se presume estarem os principais focos de reprodução de mosquitos que causam a dengue. Os principais sintomas da doença são fortes dores de cabeça, dos ossos, das articulações e dos músculos. “Quando já estiver em fase avançada, o paciente apresenta muita fraqueza.

Tempo

Multimédia