Províncias

Hospital Municipal regista menos óbitos

O Hospital Municipal de Mbanza Kongo, província do Zaire, registou, entre os meses de Janeiro e Junho deste ano menos 27 óbitos por malária em comparação com o primeiro semestre de 2016, disse o director de enfermagem da unidade sanitária.

Muitos doentes dão entrada no hospital em fase terminal
Fotografia: João Gomes | Edições Novembro

Nkanza Kiangebeni valorizou as acções de educação sobre os cuidados primários de saúde e de prevenção da malária como o principal motivo para o registo da diminuição de mortes, no período em balanço.
“O hospital notificou 7.360 novos casos positivos de malária, sendo que 15 dos óbitos foram em crianças menores de cinco anos”, disse Nkanza Kiangebeni que aconselhou os cidadãos a recorrerem aos serviços sanitários sempre que se depararem com sintomas da doença, evitando  a condição de estado grave que pode evoluir para malária cerebral.
O director de enfermagem da unidade clínica, Kiangebeni, esclareceu que a chegada tardia de doentes, muitos dos quais em estado terminal, é uma das principais causas da mortalidade por malária.

Tempo

Multimédia