Províncias

IEBA no Zaire realiza sessão de cirurgias de cataratas

Uma sessão de cirurgia de cataratas (doença que provoca cegueira)  está marcada para o mês de Outubro, no Centro Oftalmológico da Igreja Evangélica Baptista em Angola (IEBA), em Mbanza Kongo,  Zaire, informou ontem o médico especialista Miguel Vinda.

Estão criadas as condições para o êxito da campanha
Fotografia: Edições Novembro |

Miguel Vinda, que também é o coordenador da província do Zairedo do Programa de Luta Contra a Cegueira, esclareceu ainda que na última sessão de cirurgia de cataratas, realizada entre finais de Maio e princípio de Junho de 2017, foram operados 93 pacientes, na sua maioria idosos, estando, neste momento, a  fazer-se a triagem para a próxima fase.
Para os próximos dias, Miguel Vinda informou estar prevista a deslocação de uma equipa móvel de especialistas aos restantes cinco municípios da província do Zaire, onde deve realizar-se uma série de triagens e consultas a eventuais portadores de cataratas, sendo os casos positivos a serem identificados passíveis de ser  operados em Mbanza Kongo.
O oftalmologista prevê a criação de condições para que nos próximos 12 meses haja uma equipa de especialistas que se vai ocupar, de forma permanente, do tratamento cirúrgico e medicamentoso de casos de cataratas no centro da IEBA, na capital da província, havendo  intenção de capacitar  mais médicos na especialidade.
Miguel Vinda anunciou   a possibilidade da extensão dos serviços à vizinha província do Uíge, a começar pelo município de Maquela do Zombo, na comuna de Kibokolo, onde se espera abrir um centro oftalmológico em 2018.
O coordenador do Programa de Luta Contra a Cegueira, Miguel Vinda, explicou que existem vários tipos de cataratas, algumas traumáticas e outras congénitas, que afectam adultos, assim como crianças e jovens, cujo tratamento passa, necessariamente, por uma intervenção cirúrgica.

Tempo

Multimédia