Províncias

Inac regista mais de 400 casos de violência contra menores

Kayila Silvina | Mbanza Kongo

Um total de 428 casos de violência contra menores foi registado, de Janeiro a Setembro do ano em curso, informou o director provincial do Zaire do Instituto Nacional da Criança (INAC).

Famílias aconselhadas a recorrer à Justiça em caso de abusos
Fotografia: João Celestino | Edições Novembro

Rafael Kidiwa fez saber que, dos casos registados, constam os de fuga à paternidade, trabalho infantil, tráfico de menores, disputa de guarda dos filhos, negligência em cuidados de saúde, educação e protecção, bem como violência sexual e gravidez precoce.
O responsável do Inac mostrou-se preocupado com o aumento de casos de gravidez precoce e de fuga à paternidade. O Inac, acrescentou, está a trabalhar na sensibilização das comunidades sobre a responsabilidade paternal, na defesa, bem como na protecção dos direitos da criança e nas acções de advocacia em prol da materialização dos 11 compromissos a favor da criança.
Rafael Kidiwa aconselhou as famílias da província do Zaire a primarem pelo diálogo constante na resolução dos problemas que acontecem no lar e a redobrarem cuidados com os filhos, para garantirem o seu futuro na sociedade e uma boa convivência social.
Apelou aos pais e encarregados de educação no sentido de assumirem as suas responsabilidades, enquanto educadores, porque ao fugirem prejudicam os filhos em relação à obtenção do registo de nascimento, acesso à educação, saúde e assistência social.

Tempo

Multimédia