Províncias

Mais casas são erguidas em Mbanza Congo

Fernando Neto | Mbanza Congo

Mais de duas mil habitações vão ser construídas, dentro de dois anos, na localidade de Quilemos, a sete quilómetros de Mbanza Congo, província do Zaire, num investimento de cerca de mil milhões de kwanzas do empresário Bento Kangamba.

A cerimónia de colocação da primeira pedra, que marcou o início das obras de construção das referidas casas (T3 e edifícios de quatro pisos), foi testemunhada pelo governador provincial do Zaire, José Joanes André.
 A empreitada foi consignada a cinco empresas, entre angolanas e chinesas, cabendo a cada uma a construção, numa primeira fase, de 50 casas, numa área de 40 hectares.
Com esta iniciativa, o Zaire vai ver reduzido o défice habitacional, salientou o presidente das Organizações Kabuscorp. Deste modo, a­crescentou, associa-se aos esforços do Executivo de criar mais o­portunidades para casa própria, principalmente entre os jovens.
O governador, que agradeceu a iniciativa do grupo empresarial, salientou que o Estado precisa destas acções do empresariado, para ajudar a melhorar cada vez mais as condições de vida das populações. Joanes André deixou claro que a região está em pleno crescimento socioeconómico e recordou que há apoios por parte das autoridades no sentido de os empresários investirem na região, de modo a que a população obtenha benefícios reais da sua acção.
Bento Kangamba visitou as o­bras de construção de duas escolas do ensino primário, nos bairros Sagrada Esperança e 11 de Novembro, e elogiou a dinâmica imprimida pelo Governo Provincial na edificação de novas salas de aulas.

Tempo

Multimédia