Províncias

Mais estabelecimentos de ensino no Zaire

Fernando Neto | Mbanza Congo

O governo da província do Zaire está a construir três escolas do ensino primário, com oito salas cada, na cidade de Mbanza-Congo, capital da província do Zaire, para permitir o ingresso, no próximo ano, de 1.920 novos alunos.

O governo da província do Zaire está a construir três escolas do ensino primário, com oito salas cada, na cidade de Mbanza-Congo, capital da província do Zaire, para permitir o ingresso, no próximo ano, de 1.920 novos alunos.
O governador da província, Pedro Sebastião, confirmou o facto no final de uma visita que efectuou, quarta-feira, a diversas obras de impacto social em curso na capital da província do Zaire.
As três escolas do ensino primário visitadas pelo governador Pedro Sebastião estão localizadas no bairro 11 de Novembro, na zona suburbana do Mfumu, nos bairros Uíge e Kianganga.
“Temos ainda algumas crianças fora do sistema normal de ensino e outras que estudam em condições precárias. Por isso, a nível do governo, levam-se a cabo acções no sentido de aumentar as infra-estruturas necessárias para que estas crianças e jovens possam ter as condições desejadas de aprendizagem”, enfatizou.
As obras de ampliação do Instituto Médio de Formação de Professores, que passa de oito para 16 salas de aulas, mereceu particular atenção do governador.
O instituto vai ainda contar com uma biblioteca e uma quadra desportiva multiuso.
“Após a conclusão destas obras, incluindo as acções do programa de construções integradas, pretendemos ter neste recanto geográfico do país uma cidade capital como tal. Temos consciência que o caminho a percorrer é longo, mas, paulatinamente, vamos dotando o município sede com infra-estruturas necessárias para a sua afirmação”, esclareceu.  O governador  visitou igualmente as obras dos três edifícios de hotelaria e escritórios da Empresa Nacional de Seguros de Angola (ENSA).

Tempo

Multimédia