Províncias

Mbanza Congo no topo da lista de novos casos

Kayila Silvina | Mbanza Congo

O município de Mbanza Congo lidera a lista dos 45.876 casos de malária diagnosticados na província do Zaire, de Janeiro a Março deste ano, dos quais 63 resultaram em óbitos, segundo o director provincial da Saúde.

João Paulo “Jeoveth” disse ontem, ao Jornal de Angola, que no município de Mbanza Congo registaram-se, durante o período em referência, 17. 640 casos, seguindo-se o Nzeto, com 6.238, Cuimba (6.238) e o município do Tomboco, com 6.168 casos. No município do Nóqui registaram-se 5.194 casos e no Soyo 3.913.
O director provincial da Saúde, que falava durante o encontro de apresentação dos resultados do mapeamento das doenças tropicais negligenciadas, revelou ainda que, durante o período em análise, foram diagnosticas no Zaire 12 casos de febre-amarela.
João Paulo “Jeoveth” fez saber que vários técnicos de saúde foram capacitados para reforçar o combate de doenças nas comunidades e reforçar as acções de sensibilização da população rural e não só, relativamente aos cuidados a observar para evitar a propagação de endemias.
A população, acrescentou, é aconselhada a procurar os centros de saúde mais próximos, tão logo se verifiquem os primeiros sintomas.
João Paulo anunciou que a direcção provincial da Saúde vai realizar campanhas anti-vectoriais, com a pulverização extra e intra-domiciliar junto das comunidades, em todos os municípios da região.

Tempo

Multimédia