Províncias

Milhares de jovens foram formados em artes e ofícios

Um total de 2.320 jovens de ambos os sexos foi formado, de 2008 a 2017, em diversos cursos técnico-profissionais, no município do Soyo, província do Zaire, pelo centro de formação de Kintambi, adstrito ao Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional (INEFOP), informou o director do centro.

O curso de serralharia é um dos muito procurados
Fotografia: Edições Novembro

Augusto Mangany, que falava à Angop, disse que deste número 736 são do sexo feminino. Adiantou que, este ano, o centro matriculou 485 formandos, sendo 114 mulheres, para frequentarem cursos nos ramos de electricidade predial e industrial, canalização, prevenção mecânica, informática, soldadura industrial, serralharia e frio industrial.
O responsável aconselhou os jovens a apostarem na formação técnico-profissional, para facilitar a sua inserção no mercado de trabalho e o fomento ao auto-emprego.

Tempo

Multimédia