Províncias

Ministro da Reinserção Social inaugurou um centro infantil

O ministro da Assistência e Reinserção Social, João Baptista Kussumua, inaugurou em Mbanza Congo o centro infantil Kimpa Vita, que vai acolher 150 crianças, dos cinco meses aos quatro anos de idade.

As crianças quando bem preparadas e acompanhadas têm sucesso escolar
Fotografia: Dombele Bernardo

O ministro da Assistência e Reinserção Social, João Baptista Kussumua, inaugurou em Mbanza Congo o centro infantil Kimpa Vita, que vai acolher 150 crianças, dos cinco meses aos quatro anos de idade.
O centro tem quatro salas, um refeitório, cozinha, despensa, quatro balneários, entre outras repartições, e foi construído no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP) do Governo Provincial, para o cuidado e educação da primeira infância.
O estabelecimento conta com quatro educadoras sociais que vão assegurar o normal funcionamento da instituição. Falando aos presentes no acto inaugural, o ministro disse que este espaço surge como forma de repartir as responsabilidades entre o Executivo e as famílias trabalhadoras, no âmbito do cuidado e educação dos menores.
Para  o ministro da Assistência  e  Reinserção Social João Baptista Kussumua, a criança, quando é bem potenciada e cuidada, tem sucesso ao entrar no ensino normal, salientando que o programa de desenvolvimento integral da criança permite auxiliar as famílias trabalhadoras no cuidado dos seus filhos.
Testemunharam a cerimónia de inauguração deste primeiro centro infantil público a nível desta região o governador provincial, Pedro Sebastião, os ministros da Educação, Mpinda Simão, e da Saúde, José Van-Dúnem.
Foram inauguradas também dez residências de tipo T3, que vão acolher professores universitários da escola superior politécnica de M’banza-Congo, cujo corte da fita foi feito pelo ministro da Educação, Mpinda Simão.
As inaugurações enquadraram-se na visita do presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos, que efectua à província do Zaire, no âmbito da campanha eleitoral do seu partido, visando as eleições gerais de 31 de Agosto.

Tempo

Multimédia