Províncias

Mulheres aconselhadas a manter o diálogo no lar

Kayila Silvina | Mbanza Kongo

 A directora provincial da Família e Promoção da Mulher no Zaire, Isabel Lukeni, exortou, ontem, as famílias em Mbanza Kongo, a manterem, permanentemente,  o diálogo nos lares para evitarem conflitos e casos de violência doméstica.

Donas de casas receberam conselhos de palestrante
Fotografia: Garcia Mayatoko | Edições Novembro

Isabel Lukeni, que discursava numa palestra subordinada ao tema “O Papel da Mulher na Edificação de Uma Nova Era”, realizada no anfiteatro da Escola Superior Politécnica do Zaire, em Mbanza Kongo, disse ser necessária a coesão no seio da família e a educação dos filhos,  por forma a  contribuir-se  para o  desenvolvimento sócio- económico da região. 
 A responsável frisou que as famílias devem  preservar  os valores do amor ao próximo, o respeito mútuo, a fraternidade e harmonia social nas comunidades, e denunciar todos  os actos que violam os direitos das mulheres.
Para o vice-decano para os assuntos científicos e pós - graduação da Escola Superior Politécnica do Zaire, Zolana Avelino, acções  do género visam  uma relação de proximidade entre a escola e a comunidade. Zolana Avelino disse que a formação académica e profissional deve ser encarada pelas mulheres como uma das  principais  ferramentas da sua emancipação.
“As mulheres devem lutar contra todos os actos de discriminação, violência doméstica, estigm e analfabetismo e que travam o desenvolvimento da sociedade”, concluiu.

Tempo

Multimédia