Províncias

Obras nas vias periféricas terminam em Setembro

Os trabalhos de reabilitação dos seis quilómetros das vias periféricas da cidade do Soyo, na província do Zaire, iniciados em Agosto de 2016, terminam em Setembro.

As obras visam melhorar a circulação de pessoas e bens
Fotografia: Eduardo Pedro | Edições Novembro

A informação foi prestada onetm, à Angop, pelo encarregado da empresa “MUINUILA”, Luís Barbosa, assegurando que, presentemente, encontram-se em fase conclusiva os trabalhos das redes técnicas, que compreendem as valas de drenagem e passagens hidráulicas.
“Ao longo desta semana vamos reforçar as equipas com mais meios técnicos, para imprimir maior dinamismo ao trabalho, sobretudo na via da paróquia”, explicou a fonte.
A partir da próxima semana, a rua adjacente à Emissora Regional do Soyo começa a receber a primeira camada (base) do asfalto. Este trabalho será extensivo a outras vias em reabilitação na circunscrição, designadamente as dos Pobres e Kitona.
O Governo provincial do Zaire implementa, desde 2016, um programa de reabilitação das vias urbanas das seis sedes municipais, nomeadamente Mbanza Kongo, Soyo, Cuimba, Nzeto, Tomboco e Nóqui.
Por outro lado, a reabilitação dos 64 quilómetros de estrada entre os municípios de Mbanza Kongo e Kuimba, província do Zaire, foi relançada segunda-feira, numa cerimónia testemunhada pelo ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa.
A via terá duas faixas de rodagem de três metros e meio cada, incluindo um metro de berma em cada lado, cujos trabalhos terão a duração de 12 meses.
Orçadas em cerca de seis biliões e meio de kwanzas, as obras vão proporcionar 200 postos de trabalho a jovens da região.
O secretário de Estado da Construção, Euclides Manuel de Carvalho, explicou que esta obra faz parte de um leque de tantas outras, lançadas em outras regiões, no âmbito do programa nacional de desenvolvimento.

Tempo

Multimédia