Províncias

Polícia Nacional detém suspeitos

Jaquelino Figueiredo | Soyo

A Polícia Nacional realizou, entre os dias 18 e 22 deste mês, no município do Soyo, uma operação denominada “Serpente”, que resultou na detenção de 48 pessoas, entre as quais 27 congoleses, suspeitas de envolvimento em diversos crimes.


O segundo comandante da Polícia Nacional para a Ordem Pública no Zaire, subcomissário Manuel de Sousa, disse que os detidos são suspeitas de envolvimento em homicídios, assaltos, roubos de electrodomésticos e violação sexual. A operação foi desencadeada na sequência de informações de pessoas relativas ao aumento “vertiginoso” da criminalidade no Soyo.
“Há fortes probabilidades de o incremento da criminalidade no município se dever à entrada de muitos estrangeiros ilegais, sobretudo da República Democrática do Congo”, referiu.
Manuel de Sousa garantiu que Polícia Nacional está atenta a qualquer alteração do quadro criminal na província, razão pela qual vai prosseguir com operações do tipo “Serpente”.
Os bairros Kukala Kiaku, 1º de Maio, Nkungua Yengele, Kimbumba e Paróquia, são os mais visados pelos delinquentes.
Ainda no quadro da Operação Serpente, a Polícia Nacional apreendeu 5.200 litros de combustível, que estavam para ser contrabandeados para a República Democrática do Congo.
A Polícia Nacionalno Soyo reafirma o seu empenho no combate a criminalidade e apela à coloboração da população.

Tempo

Multimédia