Províncias

Precisos novos docentes para satisfazer a procura

Jaquelino Figueiredo | Soyo

O Zaire necessita, para este ano lectivo, de cerca de mais 500 salas e de mil professores de todos os níveis, afirmou o governador na comuna de Mangue Grande. Pedro Sebastião, que fez a revelação após inaugurar uma escola de seis salas, no âmbito da abertura do ano lectivo, disse que a situação reflecte o esforço que é necessário fazer para satisfazer as exigências do sector.

Expansão dos serviços da Educação está a fazer com que mais menores aprendam a ler
Fotografia: Adérito Cortez

O Zaire necessita, para este ano lectivo, de cerca de mais 500 salas e de mil professores de todos os níveis, afirmou o governador na comuna de Mangue Grande. Pedro Sebastião, que fez a revelação após inaugurar uma escola de seis salas, no âmbito da abertura do ano lectivo, disse que a situação reflecte o esforço que é necessário fazer para satisfazer as exigências do sector.
O governador salientou a importância de se preservarem as escolas de toda a província para poderem vir a servir as gerações futuras, pelo que pediu a colaboração das autoridades tradicionais e dos encarregados de educação, acusando pessoas de má-fé de destruírem o património que é pertença de todos.
“Quanto mais escolas e professores tivermos, mais contribuímos para a melhoria das condições de vida da população”, referiu.
“As crianças merecem toda a atenção, toda a dedicação e a escola é um lugar de excelência para podermos emprestar essa atenção”, frisou. O governador também pediu a pais e encarregados de educação para não abdicarem do papel de transmissores de valores, componente fundamental para a formação do homem novo.
Pedro Sebastião acusou alguns pais de se demitirem da obrigação de transmitirem valores aos seus filhos e de remetem essa tarefa para os professores.  Relembramos, referiu, que hoje a escola é apenas a nossa segunda casa e que o professor é apenas o continuador da educação que as crianças devem receber a partir do berço.
A educação do berço, acentuou o governador, é fundamental e o professor não pode, de forma alguma, substituir a tarefa dos pais, ele complementa apenas o que aqueles devem fazer em casa.

Tempo

Multimédia