Províncias

Rede escolar provincial está em expansão

 O director provincial da Educação no Zaire, Domingos Nkita Margarida, esclareceu, em declarações exclusivas ao Jornal de Angola, que a rede escolar da província é actualmente constituída por 329 escolas que perfazem um total de 1.150 salas de aula.

Interior da instituição escolar durante a abertura oficial do ano lectivo
Fotografia: Adolfo Dumbo

 O director provincial da Educação no Zaire, Domingos Nkita Margarida, esclareceu, em declarações exclusivas ao Jornal de Angola, que a rede escolar da província é actualmente constituída por 329 escolas que perfazem um total de 1.150 salas de aula.
O responsável acrescentou que o sector distribuiu, este ano, às escolas públicas da região, 514 manuais, bem como mais de 9.500 carteiras. No total, estão matriculados 112.556 alunos, contra os 96.097 do ano passado. “Temos registado progressos significativos no quadro do aumento de capacidade de absorção de novos alunos. Desde o ano lectivo de 2004 que a província tem estado a matricular, em média, cinco mil novos alunos, fruto da construção de novas salas de aula, devidamente apetrechadas, e ao ingresso de novos professores”, revelou, acrescentando que em 2009, no quadro do Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar (PAAE), foram alfabetizados 16.079 cidadãos.
A província vive um défice de 1.315 professores, problema que, segundo frisou, vai ser ultrapassado com a disponibilização de 1.127 novas vagas pelo Ministério da Educação. Igualmente preocupante é, na sua opinião, a falta de laboratórios de experimentação científica nas escolas do segundo ciclo e de formação de professores, e o défice de salas de aula, que obriga a que mais de 100 alunos estudem numa única turma.  Domingos Margarida manifestou-se, por outro lado, satisfeito com a forma como decorre o processo de actualização da carreira docente. Revelou que 2.428 professores já têm as suas categorias actualizadas. Destes, 145 foram nomeados para cargos de direcção e chefia nos estabelecimentos de ensino público não universitário, onde labutam.

Tempo

Multimédia