Províncias

Registados vários casos de violência doméstica

Kayila Silvina | Mbanza Congo

A Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher no Zaire registou o ano passado, 217 casos de violência doméstica, informou a directora da instituição, Nzuzi Makiesse.  

Dos 217 casos registados, foi possível resolver 205, nove ficaram pendentes e três foram encaminhados à Procuradoria-Geral da República. Na ausência de consenso, as queixas são encaminhadas à Polícia Nacional para ser averiguada a natureza dos crimes.  Os casos mais frequentes são os de abandono familiar, violência psicológica e física, cujas vitimas são, na sua maioria, crianças e mulheres.
O sector assistiu, em relação a períodos anteriores, a mais denúncias em termos de ofensas corporais e morais, desalojamento, recusa da paternidade, bem como casos de violência intra-familiar. Para a diminuição dos casos de violência doméstica, a directora provincial da Família e Promoção da Mulher, Nzuzi Makiesse, disse ser necessária a divulgação constante de informações e seminários.
A Direcção do MINFAMU prossegue com campanhas de sensibilização contra a violência de género, cancro da mama, aleitamento materno, prevenção contra ébola, doenças transmissíveis sexualmente (DTS) e VIH/Sida.
Durante o período em referência foram realizados seminários de capacitação às parteiras tradicionais, aulas de alfabetização e cursos de formação profissional a mulheres nas comunidades rurais.
A Direcção da Família tem em  funcionamento vários centros de aconselhamento jurídico, cujo atendimento é feito por profissionais que aconselham ou orientam os visados na solução dos conflitos.

Tempo

Multimédia