Províncias

Roubados os cabos eléctricos da pista do aeroporto do Soyo

Jaquelino Figueiredo | Soyo

Desconhecidos roubaram 280 metros de cabo eléctrico instalados na pista do aeroporto do Soyo, revelou a administradora municipal no Quicudo.
Lúcia Tomás, que fez a relação num culto ecuménico promovido pelo Conselho de Igrejas Cristãs de Angola (CICA) para assinalar o Dia da Paz, lembrou que os cabos eléctricos tinham sido instalados recentemente para possibilitar a realização de os voos nocturnos, cujo sistema estava em fase de experimentação.

Os cabos eléctricos tinham sido instalados para possibilitar os voos nocturnos no Soyo
Fotografia: DR

A administradora também anunciou o roubo das portas das casas sociais que estão a ser construídas no bairro Quitona, a cerca de 15 quilómetros da cidade.
A preservação dos ganhos da Paz, disse, deve fazer parte do dicionário de todos os munícipes para poderem ser utilizados pelos actuais habitantes do município e pelas próximas gerações.  Lúcia Tomás pediu aos pais e encarregados de educação que falem aos filhos sobre a importância de se preservarem as infra-estruturas que o Estado coloca à disposição de todos.
Os munícipes, alertou, devem estar também atentos aos estrangeiros que entram clandestinamente no Soyo “por serem potenciais autores dos actos reprováveis que se registam ultimamente” e não lhes devem alugar casas por ser ilegal.
O pastor da Igreja Metodista Unida Moisés Jonas lembrou no sermão que a Paz deve ser consolidada na unidade e na diversidade.
Pratiquemos a Paz como o Senhor Jesus Cristo fez na terra e orou perante o seu Pai por este bem no mundo, pediu. Por isso, declarou, vamos recuperar a fé e persuadir outros irmãos a agirem na Paz.
Uma marcha pelo centro da cidade, a colocação de uma coroa de flores no túmulo do soldado desconhecido, campanhas de limpeza, actividades desportivas e um espectáculo, com a participação de músicos locais, preencheram o programa do Dia da Paz no Soyo.

Tempo

Multimédia