Províncias

Serviço de saúde entra em actividade

Víctor Mayala | Mbanza Congo

Um novo hospital municipal com capacidade para 100 camas e apetrechado com meios modernos foi aberto ao público na cidade de Mbanza Congo.

Infra-estruturas surge em resposta às preocupações de um hospital com condições
Fotografia: Víctor Mayala | Mbanza Congo

Erguido numa área de 6.520 metros quadrados, o hospital municipal de Mbanza Congo custou aos cofres do Estado 320 milhões de kwanzas. A unidade dispõe de serviços de medicina geral, pediatria, maternidade, banco de urgência e de observação.
O hospital tem também sala de epidemiologia, quatro consultórios médicos para consultas externas, laboratório, farmácia, bloco operatório e uma vasta área administrativa. A infra-estrutura surge em resposta às preocupações das populações, de um hospital com condições condignas para a assistência médica e medicamentosa.
 Os pacientes que se encontravam internados nas antigas instalações foram transferidos para o novo hospital. Bealveline Mamputo, 23 anos, internada com o seu bebé de três meses que padece de malária, afirmou que as condições do actual hospital são das melhores e permitem um atendimento à altura.“Aqui tudo é novo e bonito e veja que estou numa sala com ar condicionado.” O sentimento de satisfação de Belveline Mamputo é partilhado pela generalidade dos pacientes transferidos para o novo hospital.O governador provincial do Zaire, Joanes André, que inaugurou o hospital, sublinhou que a sua construção obedece à estratégia do Executivo para a criação de melhores condições de assistência sanitária às populações, a par de mais salas de aulas, abastecimento de água potável, energia eléctrica e outras infra-estruturas socioeconómicas. Joanes André garantiu que o Governo Provincial vai continuar a formar quadros para uma boa gestão dos hospitais na região.
 À margem da abertura do hospital, testemunhada por membros do Governo Provincial, representantes dos partidos políticos, entidades eclesiásticas, autoridades tradicionais e pela população, foram empossados quadros da Direcção Provincial da Saúde e dos hospitais municipais de Mbanza Congo e Tomboco.

Tempo

Multimédia