Províncias

TAAG volta a voar para Mbanza Congo

Vítor Mayala| Mbanza Congo

Mbanza Congo, capital da província do Zaire, volta a receber, a partir de Outubro próximo, voos da companhia aérea angolana TAAG, três anos depois, revelou o chefe de escala naquela cidade.

Interrupções dos voos deveu-se a razões de ordem técnica na torre de controlo provisória do aeródromo local que depois beneficiou de obras
Fotografia: Jornal de Angola

António Capingana assegurou que a interrupção dos voos deveu-se a razões de ordem técnica na torre de controlo provisória do aeródromo local, que posteriormente beneficiou de obras de restauro e ampliação. O chefe de escala da Transportadora Aérea de Angola (TAAG) esclareceu que, para permitir as operações com segurança dos voos da companhia, vai ser transferida para Mbanza Congo, capital da província do Zaire, ainda este mês, a torre de controlo móvel que era utilizada no aeroporto do Soyo.
“Não existe nenhuma inconveniência por parte da TAAG em operar na região”, disse António Capingana, adiantando que a companhia aérea, a ENANA e o Governo Provincial do Zaire estão empenhados para que os aviões voltem a escalar Mbanza Congo. O chefe de escala disse estar a receber da direcção da TAAG, em Luanda, alguns equipamentos de placa, como carros para o transporte de bagagens, extintores de incêndio e escadas para o embarque e desembarque de passageiros.
Neste momento estão a ser realizados trabalhos de limpeza ao longo da pista do aéroporto.
O governo provincial do Zaire anunciou a construção na localidade do Nkiende II, (a 33 km de Mbanza Congo) de um novo aeroporto internacional, cujas obras têm início ainda no decurso do presente ano.

Tempo

Multimédia