Províncias

Zaire lançada na Campanha Agrícola

Fernando Neto | Cuimba

Na presente Campanha Agrícola aberta quarta-feira pelo governador provincial Joanes André no município do Cuimba, os agricultores da província do Zaire prevêm colher mais de um milhão de toneladas de produtos, soube o Jornal de Angola de fonte oficial.

Governador provincial do Zaire mostra como funcionam as máquinas para a sementeira
Fotografia: Adolfo Dumbo | Cuimba

Os dados da Direcção Provincial da Agricultura do Zaire a que o Jornal de Angola teve acesso na cerimónia do lançamento da Campanha Agrícola no município do Cuimba, apontam para uma produção de um 1,432 milhões de toneladas a colher, das quais 26 mil são cereais, 33 leguminosas, 532 tubérculos, 333 hortícolas e 508 frutas.
Para a materialização desta meta, estão planificados 40 mil hectares para o cultivo, a serem lavrados de forma mecanizada e manual na extensão da província, sendo 200 hectares no município do Cuimba, onde igual número de famílias tem acesso a benefícios directos do programa agrícola.
O governador provincial Joanes André entregou, na abertura da campanha, aos membros das associações agrícolas, instrumentos de produção e parcelas de terra já desbravadas. Entre os materiais de produção entregues no âmbito do programa de extensão e desenvolvimento rural constam sementes, enxadas, catanas, limas e equipamento de semear e adubar a terra.
O Jornal de Angola apurou no terreno que o Instituto do Desenvolvimento Rural planificou a distribuição aos agricultores de 50 toneladas de adubos, 25 toneladas de sulfato de amónio, 10 toneladas de sementes de feijão e igual número de semente de milho.
Joanes André afirmou que a aposta no desenvolvimento do sector agrícola representa “uma acção decisiva”, tendo em conta o propósito do Executivo de criar bases sustentáveis para a diversificação da economia nacional, actualmente dependente do petróleo.
“A nossa economia vai continuar a diversificar-se para não depender apenas do petróleo. A agricultura constitui a base do desenvolvimento. Aqui no município do Cuimba temos condições naturais favoráveis para a produção agrícola. Devemos aproveitar estas condições”, disse o governador provincial.
Na jornada de campo ao município do Cuimba, Joanes André visitou a fazenda agro-industrial “Aldeia do Dia-a-Dia”, com sete mil hectares de terra, onde vai ser semeado milho e soja. A fazenda tem neste momento 200 pessoas. Deste número, 50 são jovens angolanos e outros 150 cidadãos asiáticos. A fazenda prevê a montagem de naves para criação de galinhas de corte e poedeiras. Joanes André destacou os progressos registados nos últimos anos no Cuimba, fruto da construção de estradas, bancos, escolas, hospitais e habitacões.
Depois da visita ao Cuimba, o chefe do governo provincial do Zaire seguiu para o município do Soyo, onde foi observar a chegada de duas turbinas a gás para o fornecimento de energia eléctrica, no quadro do projecto de Ciclo Combinado, em curso na região. “Chegaram ao município do Soyo duas turbinas que pesam 200 toneladas cada e que vão facilitar o processo de fornecimento de energia definitiva à província do Zaire”, avançou o governador provincial.
A província do Zaire representa 3,2 por cento da superfície do país. Apresenta uma extensa área boa para a agricultura, a pecuária e actividades silvícolas. Cerca de 70 por cento da população é constituída por camponeses. Na província existem 526 associações agrícolas com 25.432 associados. O município do Cuimba conta com 135 associações de 5.894 membros.

Tempo

Multimédia