Províncias

Zaire tem energia eléctrica a partir de turbinas a gás

A cidade de Mbanza Congo, capital da província do Zaire, vai passar a consumir, dentro de três anos, energia eléctrica produzida por turbinas a gás na vila petrolífera do Soyo, anunciou na quarta-feira o governador provincial.

Técnico do sector eléctrico em actividade
Fotografia: Jornal de Angola

A cidade de Mbanza Congo, capital da província do Zaire, vai passar a consumir, dentro de três anos, energia eléctrica produzida por turbinas a gás na vila petrolífera do Soyo, anunciou na quarta-feira o governador provincial.
Joanes André disse que esta questão foi delineada em coordenação com o Ministério da Energia, no sentido de dar uma solução ao problema vivido nesta cidade em termos de energia eléctrica. Assim, Mbanza Congo passa a ser abastecida por um ciclo combinado (turbinas a gás), de 750 mega watts, anunciou o governador, durante a cerimónia de abertura da primeira sessão do conselho provincial de auscultação e concertação social, desde que tomou posse. />Para a concretização desta medida, durante os próximos 36 meses vai ser construída uma linha de transporte de energia eléctrica a partir do Soyo, que deve passar pela vila do Nzeto, onde vão ser erguidas algumas subestações.
Entretanto, o Governo Provincial vai, nos próximos dias, reabilitar e expandir a rede de distribuição de energia de Mbanza Congo, trabalho para o qual concurso público já foi lançado. Além disso, enquanto se aguarda pela electricidade que vai ser produzida através do ciclo combinado, vão ser instaladas, em breve, a nível das sedes municipais, várias centrais eléctricas térmicas para minimizar o défice nesta área.

Tempo

Multimédia