Reportagem

O fim do colonialismo em África (só em 1980 foi libertado o último país)

A colonização é definida como a acção ou processo de se fixar e estabelecer controlo sobre os povos indígenas de uma área. O melhor exemplo disto foi a Corrida a África — a invasão, ocupação, divisão e colonização do território africano pelas potências europeias entre 1881 e 1914.

Continente
Fotografia: DR

Nesse curto período conhecido pelos historiadores como o Novo Imperialismo, mais de 90% do continente ficou sob o controlo formal europeu. Apenas a Etiópia (Abissínia) e a Libéria permaneceram independentes. A luta pela independência ganhou impulso após a Segunda Guerra Mundial. Nos 30 anos seguintes, aproximadamente 51 nações africanas conquistaram a independência dos seus governantes coloniais.

A descolonização do continente foi muitas vezes irremediavelmente desorganizada e marcada por violência e turbulência política, e apenas em 1980, com a declaração de independência do Zimbabué, toda a África foi libertada do imperialismo colonial.

Clique na galeria a seguir para ficar a saber em que data os vários países africanos se tornaram independentes.

Tempo

Multimédia