Sociedade

128 cidadãos estão detidas por crimes diversos

André da Costa

Um total de 128 cidadãos foi detido pelas forças policiais do Comando Provincial de Luanda, por suspeita de cometerem crimes diversos, entre assaltos a residências, na via pública, furto de viaturas e homicídio voluntário.

Além das detenções, foram também recuperadas armas
Fotografia: João Gomes | Edições Novembro

A directora do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando Provincial de Luanda, superintendente Engrácia Costa, esclareceu que os crimes ocorreram durante o fim-de-semana e lembrou que no rol dos 128 suspeitos estão seis cidadãos detidos por terem sido surpreendidos a circular, de forma ilegal, com arma de fogo, assim como um outro por crime de desacato ao agente da autoridade.
Os sete cidadãos vão ser encaminhados ao Tribunal Provincial de Luanda para julgamento sumário.
No mesmo período, a superintendente da corporação informou que a Polícia Nacional recuperou das mãos dos marginais nove armas de fogo de diversos calibres, que eram, supostamente, usadas para o cometimento de crimes.
Engrácia Costa disse que a corporação recuperou uma viatura de marca Toyota, modelo Corolla, de cor verde que havia sido roubada dias antes em Luanda.
Acrescentou terem sido ainda recuperados fogões de cozinha, pratos e panelas, além de artefactos utilizados para a realização de crimes como paus, pedras, garrafas, catanas, ferros e tubos.
No domínio da segurança rodoviária, sublinhou que se registou 17 acidentes de viação que causaram cinco mortos e 33 feridos.
Os danos materiais estão avaliados em mais de sete milhões de kwanzas.
No mesmo período e de acordo com Engrácia Costa, a Polícia de Trânsito aplicou 190 multas e fez a apreensão de quatro viaturas e de 22 motorizadas por infracções ao Código de Estrada.
O Serviço de Emergência Policial registou 249 solicitações que mereceram a intervenção policial.

Tempo

Multimédia