Sociedade

1.400 apartamentos prontos para habitar

Justino Victorino | Huambo

Os primeiros 1.400 apartamentos, dos quatro mil previstos na Centralidade da Caála, na província do Huambo, começam a ser comercializados a partir de Setembro próximo.

Centralidade da Caála recebe os primeiros habitantes a partir de Setembro
Fotografia: DR

A garantia foi dada pelo vice-governador do Huambo para o Sector Técnico e Infra-Estruturas, Leonardo Sapalo, durante uma visita que serviu para avaliar o grau de execução das obras, com realce para as redes técnicas.

O vice-governador constatou que estão a decorrer os trabalhos finais no sistema de abastecimento e tratamento de água, a partir do rio Kinhongâmua, na estrada Huambo/Caála.

O fornecimento de energia eléctrica à Centralidade da Caála será feito por via da rede pública, através do aproveitamento hidroeléctrico de Laúca, além de contar com reforço da estação térmica de Belém do Huambo. A Centralidade da Caála terá, também, um sistema de tratamento de águas residuais.

O projecto habitacional da Caála, segundo o vice-governador, tem capacidade para receber 28 mil habitantes.

Na Centralidade da Caála estão, disponíveis vários serviços sociais básicos.

Tempo

Multimédia