Sociedade

Acidentes trágicos no Bengo e Luanda

Em mais um episódio triste do trânsito em Luanda, na madrugada de ontem, seis pessoas, entre elas cinco homens e uma mulher em estado de gestação, morreram numa colisão entre dois veículos na estrada nacional 100, na zona sul de Luanda, nas proximidades do bairro Ramiros, município de Belas.

Imagem ilustra um dos vários acidentes nas vias com consequências humanas e materiais
Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

Segundo Faustino Minguês, o acidente causou ainda dez feridos, entre graves e ligeiros, que foram evacuados para os hospitais do Prenda e Josina Machel, sendo oito do sexo masculino e dois do feminino.
De acordo com o responsável, o acidente ocorreu quando um autocarro de transporte de passageiros interprovincial com destino à cidade de Luanda embateu contra um camião cisterna de água potável estacionado na faixa de rodagem. Presume-se que o excesso de velocidade, a falta de prudência e a inexistência de sinalização para identificar o camião estacionado esteve na base do acidente.

Choque com combóio

Num outro acidente na manhã de ontem, quatro pessoas ficaram feridas na manhã de ontem, na sequência de um choque entre uma locomotiva do Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL) e uma viatura pesada contentorizada, na passagem de nível da zona da Frescangol, no município do Cazenga.
Faustino Minguês, porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, disse que o caso ocorreu por volta das seis horas e 30 minutos, no momento em que o motorista tentou passar sobre a linha quando o comboio se aproximava. Entre os feridos ligeiros, transportados para uma unidade hospitalar, estavam os dois maquinistas e os ocupantes das duas viaturas envolvidas no acidente.
“A locomotiva embateu contra a viatura pesada e, por sua vez, o contentor que transportava foi projectado contra duas outras viaturas, causando prejuízos avultados na locomotiva e noutras quatro viaturas“, informou.
A locomotiva do CFL de transporte de passageiros saía da Estação do Bungo (Ingombota) para o município de Viana e o camião transitava no sentido Marco Histórico do 4 de Fevereiro, no Cazenga, para a avenida Deolinda Rodrigues. Devido ao acidente, a avenida dos Comandos, que dá acesso à estrada nacional 230, até ao final da tarde de ontem estava interditada e, como resultado, se registava um enorme engarrafamento.
Na quarta-feira, na província do Bengo, uma colisão entre duas viaturas causou a morte de 13 pessoas, que ficaram carbonizadas, o que motivou uma manifestação de pesar do Presidente da República.

Tempo

Multimédia