Sociedade

Advogada considera a poligamia uma forma de violência doméstica os seus veículos

César Esteves

A advogada Ana Paula Godinho afirmou ontem, em Luanda, que a poligamia também é uma forma de violência doméstica, uma afirmação justificada com o facto de nenhuma mulher ficar psicologicamente confortável quando fica a saber que o marido mantém uma relação com outra mulher.

Fotografia: DR

Ana Paula Godinho, que falava ao Jornal de Angola sobre a violência doméstica no país, acrescentou que a poligamia é um dos elementos que mais provoca desestruturação  nas famílias, de modo particular, e na sociedade, de modo geral.
A advogada acentuou que a poligamia é um dos factores que mais contribui para a violência no meio familiar e declarou que a Lei Contra a Violência Doméstica traz um conceito mais abrangente sobre a violência doméstica.

Tempo

Multimédia