Sociedade

Aparelhos hospitalares deterioram por falta de técnicos especializados

Muitos equipamentos hospitalares, alguns de alta tecnologia, estão a deteriorar-se em diversas unidades clínicas do país, por falta de pessoal capacitado para manuseá-los, denunciou, em Luanda, o presidente do Sindicato dos Médicos de Angola, Adriano Manuel.

Fotografia: DR

Em entrevista exclusiva ao Jornal de Angola, o sindicalista lamentou o facto de essas situações estarem a acontecer, numa altura em que o Estado faz grandes esforços financeiros para a aquisição dos meios, mas esses equipamentos de diagnósticos acabam avariados, devido à inoperância.
Se há hospitais, como o da Barra do Dande, que têm equipamentos inoperantes, como uma Tomografia Axial Computarizada (TAC), Adriano Manuel revelou existir outros com técnicos preparados para trabalhar com os referidos meios, mas não os dispõem. É o caso do Hospital do Prenda, que precisa de um aparelho TAC.

 

 

Tempo

Multimédia