Sociedade

Assinado acordo para reduzir desnutrição

O Ministério da Saúde (MINSA) e o Banco de Fomento Angola (BFA) assinaram, quinta-feira, na cidade do Cuito, um acordo de parceria, para se implementar na província do Bié, a partir desta data, um projecto denominado “BFA +Nutrir”, avaliado em 600 mil dólares americanos, equivalentes em kwanzas.

Fotografia: Angop

Pelo Ministério da Saúde, assinou o director Nacional de Saúde Pública, Peliganga Luís Baião, e pelo BFA, a administradora Manuela Moreira.
Pretende-se com tal projecto acelerar a redução da desnutrição aguda e crónica, com realce no Cunhinga, 30 quilómetros a norte da capital provincial, melhorar a acessibilidade e o manuseio correcto da desnutrição aguda e crónica, bem como aperfeiçoar a qualidade da assistência prestada à mulher durante a gravidez, pós-parto e no decorrer do crescimento da criança até aos cinco anos.
Além dessas acções, o “BFA+Nutrir” prevê incentivar as mães a optarem pelo aleitamento materno exclusivo, realizar despistagem e triagem nutricional nas comunidades próximas das unidades sanitárias e prevenir os casos de desnutrição crónica, através da implementação da consulta de acompanhamento do crescimento de desenvolvimento das crianças.
O presidente da Comissão Executiva do BFA, Jorge Ferreira, adiantou que a instituição bancária possui 40 milhões de dólares norte-americanos para apoiar os projectos sociais em Angola, principalmente, nas áreas da Saúde, Educação e inclusão social, visando beneficiar maior número de menores.

Tempo

Multimédia