Sociedade

Avaliação de desempenho em todas as universidades

Edivaldo Cristóvão

Os cursos do Ensino Superior vão passar a ser monitorados através de um processo de avaliação de desempenho, que começa a ser implementado brevemente em todas as universidades do país.

Maria do Rosário Bragança
Fotografia: Paulo Mulaza|Edições Novembro

A informação foi avançada ontem pela titular da pasta, Maria do Rosário Bragança, durante um seminário sobre avalia-ção de cursos no ensino superior.

O encontro surge no quadro Plano de Desenvolvimento Nacional 2018-2022, no qual o desenvolvimento do sistema de avaliação e certificação do en-sino superior é uma das prioridades de intervenção do Ministério, para a política de educação e ensino superior.
A ministra sublinhou que até 2018, Angola não dispunha de nenhum di-ploma legal sobre o regime jurídico de avaliação e acreditação da qualidade das instituições do ensino superior, tendo sido aprovado e publicado o primeiro documento, há seis meses, através do Decreto Presidencial 203/18, de 30 de Agosto. Este diploma constitui a ferramenta base para a criação do Re-gulamento de Avaliação Interna e do Regulamen-to de Avaliação Externa e Acreditação.
Maria do Rosário Bragança considera que não se pode falar de qualidade sem avaliação, pelo que o Ministério do Ensino Superior Ciência Tecnologia e Inovação considera da maior importância a criação de condições para que se efective a avaliação dos cursos.
Acrescentou que, numa primeira fase, é fundamental a formação do pessoal técnico qualificado. Neste período estão a ser colhidos conhecimentos e experiência de Portugal no sistema de avaliação e de acreditação no ensino superior com a Agência de Acreditação e Avaliação do Ensino Superior (A3ES), bem como dar a conhecer a realidade do país.

Tempo

Multimédia