Sociedade

Certificação profissional para melhores estudantes

Os melhores estudantes do Instituto Médio Politécnico Alda Lara (IMPAL) vão beneficiar de uma certificação profissional para administradores e engenheiros de rede, fruto de um acordo assinado ontem, em Luanda, entre a instituição académica e a empresa de telefonia Unitel.

Fotografia: DR

A formação vai, essencialmente, validar a capacidade dos candidatos poderem instalar, configurar, operar e solucionar problemas de redes, incluindo a implementação e verificação de conexões em sites ou unidades remotas conectadas via rede.
Pela Unitel assinou a directora-adjunta para os assuntos corporativos, Eunice de Carvalho, referindo que a Academia Unitel foi certificada em Cisco Networking Academy pelo Instituto de Telecomunicações (ITEL) e se propôs partilhar estes conhecimentos com os melhores estudantes de nível médio.
Para si, esta certificação em matérias ligadas a Cisco Certified Network Associate – CCNA, Cisco Certified Network Profissional – CCNP e Cisco Certified Internet Working Expert – CCIE, a pesar de ser direccionada a licenciados e outros que já trabalham, vai dar valências para mitigar as dificuldades dos jovens estudantes em práticas laboratoriais.
Após o memorando, acrescentou, os primeiros 10 dos 20 estudantes do IMPAL vão iniciar a formação num ambiente laboral, com os técnicos da instituição, num período de seis meses intensivos com treinamentos teóricos e técnicos que lhes habilitará para o mercado de trabalho.
O director-geral do IMPAL, Victorino Caculo, fez saber que a formação vai dar mais valências aos estudantes e incentivar o espírito criativo e de empreenderismo dos mesmos, tendo em conta que terão uma certificação de nível internacional.
Segundo o responsável, os estudantes beneficiários são aqueles que obtiverem melhor médias. Acrescentou que a formação com duração de 12 meses será subdividido em duas turmas
Há um ano que a Unitel assinou um acordo semelhante com o Instituto Médio Politécnico Industrial de Luanda (IPIL) e formou igual número de estudantes.

Tempo

Multimédia