Sociedade

Comandante quer repor ordem no Soyo

Jaquelino Figueiredo | Soyo

O delegado provincial do Ministério do Interior no Zaire, comissário Manuel Gouveia, reiterou na cidade do Soyo a necessidade do combate à criminalidade de forma séria, bem como à imigração ilegal, com vista a repor a ordem e a segurança pública.

Comissário Manuel Gouveia visitou unidades policiais no Zaire
Fotografia: Adolfo Dumbo | Soyo | Edições Novembro

O comissário Manuel Gouveia, que se deslocou ao município do Soyo, onde vai trabalhar durante 72 horas com os efectivos de todos os órgãos do Ministério do Interior, nomeadamente a Polícia de Ordem Pública, Intervenção Rápida, Guarda Fronteiras, Viação e Trânsito, SME, Serviços Prisionais, Protecção Civil e Bombeiros e o SIC.
“Vamos trabalhar para repor a segurança pública ali onde for necessário, bem como combater a imigração ilegal no Soyo, tal como temos vindo a fazer em Mbanza Kongo e no Luvo. Vamos rectificar e melhorar aquilo em que a população não está feliz connosco”, acrescentou.
O também comandante provincial da Polícia Nacional do Zaire, disse que os órgãos do Ministério do Interior têm estado a realizar um trabalho satisfatório na localidade do Luvo, cuja realidade difere de outros pontos da região.
“Já estamos a fazer um trabalho satisfatório no Luvo e não podemos ficar indiferentes aos outros municípios, pelo que vamos trabalhar no Soyo e posteriormente iremos ao Nóqui e Kuimba”, avançou.

Tempo

Multimédia