Sociedade

Combustível vendido ilegalmente em casas

Habitantes do bairro Mulemba, distrito urbano 11 de Novembro, município do Cazenga, província de Luanda, denunciarama existência de casas que comercializam ilegalmente grandes quantidadede combustível, descarregadas por camiões-cisternas.

Os denunciantes, contactados na quinta-feira pelaAngop, disseram ainda que as moradias têm sido esconderijos para o transbordo, durante a madrugada, de combustível, que é depois transportado para outros pontos do país.
Mário Gomes, morador da zona, informou que a venda e o armazenamento ilegal de combustível em moradias é uma prática antiga. Segundo outro morador, Francisco David, essa prática pode um dia estar na origem de um incêndio de grandes proporções. David Jorge, outro morador, reprovou
a venda de combustível em moradias, por ser uma “agressão ao meio ambiente”. Sobre o assunto, o administrador do distrito urbano 11 de Novembro, Célcio de Carvalho, disse ter conhecimento da situação e adiantou que já foram identificadas algumas moradias. A Polícia Nacional já foi accionada  para travar a continuação do comércio ilegal.  

Tempo

Multimédia