Sociedade

Conselho da Juventude destaca papel das igrejas

O presidente do Conselho Provincial do Uíge da Juventude, Faustino Guange Simão, afirmou no domingo, na cidade do Uíge, que as igrejas instruem os cristãos a cultivar o amor ao próximo e o respeito entre as pessoas.

Os religiosos são instruídos a cultivar o amor ao próximo e o respeito entre as pessoas
Fotografia: João Gomes|Edições Novembro

Falando durante uma palestra sobre “A educação cívica eleitoral dos cristãos”, o responsável considerou as igrejas parceiras firmes do Estado, “porque ajudam a moldar o comportamento dos homens.”
Na sua óptica, contar com os jovens cristãos no processo eleitoral é acreditar que o país estará seguro na realização das eleições gerais deste ano. Segundo afirmou, o sucesso do acto eleitoral de 2017 depende da participação efectiva dos eleitores e do contributo da sociedade. 
Ainda na cidade do Uíge, no domingo, um grupo de casais católicos pertencentes às Equipas de Nossa Senhora (ENS), afectas à Paróquia das Mercês, concluiu uma capacitação sobre a espiritualidade conjugal, com vista a melhorar a vivência do sacramento do matrimónio.
Em declarações à Angop, no final do encontro, o responsável local para a área de informação do subsector das ENS, Ananias Matos, disse que as jornadas de capacitação dos casais, que tiveram a duração de dez meses, visaram igualmente ajudar os casais a manterem uma convivência sólida e saudável entre si e com os filhos.
Segundo salientou, ao longo da formação, foram ministrados conhecimentos relacionados com a família, igreja e a comunidade.   
Os participantes congratularam-se com a iniciativa do sector das Equipas de Nossa Senhora no Uíge e asseguraram que a formação contribuirá para melhorar a sua vivência matrimonial.
Equipas de Nossa Senhora é uma associação internacional  de casais pertencente à Igreja Católica, reconhecida pelo Conselho Pontifício para os Leigos, que tem como objectivo principal ajudar os casais a viverem plenamente o sacramento do matrimónio e a caminharem rumo à santidade.

SAPO Angola

Tempo

Multimédia