Sociedade

Consulta pública sobre Lei da Política Curricular

Mazarino da Cunha

A campanha de auscultação pública sobre o anteprojecto de Lei da Política Curricular para o ensino pré-escolar, primário, I e II ciclos do país, é apresentada hoje, às 8 horas, no Instituto Médio de Economia de Luanda (IMEL).

Fotografia: DR

O documento, que visa reformar o actual sistema de ensino, contém sete capítulos e 86 artigos que prevêem a inovação pedagógica, intra e interdisciplinar, bem como a multidisciplinaridade nas diferentes classes e níveis do processo escolar nacional. Em declarações ao Jornal de Angola, o director-adjunto do Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento da Educação (INIDE), Amândio Gomes, disse que a campanha vai abranger as demais províncias e municípios, com o objectivo de recolher dos parceiros sociais informações para a elaboração do projecto final.
Por se tratar de um processo planificado e sistematizado, frisou Amândio Gomes, o ensino e a aprendizagem constituem pilares fundamentais para o desenvolvimento social, económico, cultural e político do país, pelo que a sua concretização deve ser conjunta. O director-adjunto do INIDE disse que o anteprojecto de Lei da Política Curricular, que visa reformar o actual sistema de ensino, vai observar os fundamentos baseados nos princípios pedagógicos, históricos, sociológicos, antropológicos, político, económico e filosófico.
A sessão de abertura da campanha de auscultação pública, que se prevê ser presidida pela ministra da Educação, deve contar com a presença de directores de institutos médios públicos e privados, parceiros sociais, sindicalistas e especialistas da Educação.

Tempo

Multimédia