Sociedade

Covid-19: Angola regista mais três mortes, 55 infectados e 24 recuperados

Alberto Pegado e Xavier António

Mais três pessoas morreram ontem, no país, devido à Covid-19, aumentando para 67 o número de mortes. A informação foi prestada pela directora nacional de Saúde Pública, Helga Freitas, durante a sessão de actualização dos dados da pandemia.

Directora Nacional de Saúde Pública, Helga Freitas.
Fotografia: Contreiras Pipa| Edições Novembro

Ainda ontem, foram notificados 55 novos casos positivos, menos 33 infectados em relação ao dia anterior. Helga Freitas informou, igualmente, que as três mortes ocorreram em Luanda, todos homens, com idades compreendidas entre os 58 e 81 anos.

Os mesmos apresentavam comorbilidades, como hipertensão, diabetes mellitus e miocardiopatia. Dos 55 novos casos positivos, há o registo do primeiro infectado na província de Malanje, que se torna na 13ª província com caso de Covid-19.

Os restantes registaram-se em Luanda (49), nos municípios do Cazenga, Belas, Viana e Kilamba-Kiaxi. Outra província com novos casos positivos foi o Zaire, com cinco infectados. A directora nacional de Saúde Pública precisou que, dos infectados,34 são homens e 21 mulheres, com idades compreendidas entre os quatro meses e 70 anos.

O mapa de Covid-19 indica, assim, que Luanda tem um registo de 1.486 (894 activos, 527 recuperados e 65 óbitos), Benguela (1), Cuanza-Sul (4), Cuanza-Norte com 18 infecções (um óbito, 14 recuperados e três activos), Zaire (13), Cabinda (7), Bengo (3), Cuanza-Sul (3), Lunda-Norte (1), Uíge (1) Bié (2), Cunene (2), Moxico (1) e Malanje (1).

Mais recuperados

Ainda ontem, foram recuperados 24 pessoas, duas mulheres e 22 homens, perfazendo um total de 544 pessoas que venceram a doença. Os recuperados são de Luanda, das localidades da Maianga, Viana, Cacuaco, Samba, Cazenga, Talatona e Ingombota. Helga Freitas avançou também que, dos 927 doentes internados, quatro estão em estado crítico, com ventilação mecânica invasiva, 21 graves, 24 moderados, 35 com sintomas ligeiros e 843 assintomáticos.

Nas últimas 24 horas, disse, foram processadas 11.899 amostras com o método de RT-PCR, perfazendo um total de testes de 32.193 até à data. Foram também realizados 578 testes rápidos serológicos, dos quais 30 foram reactivos. No total, há um acumulado de 41.062 testes, dos quais 2.567 reactivos.
Na quarentena institucional, foram dadas altas a 296 pessoas, sendo 261 em Luanda, Lunda-Norte (21), Cuando Cubango (5), Benguela (4), Uíge (3)e Moxico (2).

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 81 chamadas, das duas denúncias de casos suspeitos, quatro de violação da cerca sanitária e 75 relacionadas com pedidos de informação sobre a doença de Covid-19.

Pedido de desculpas

Durante a sessão de actualização de dados, a directora nacional de Saúde Públicapediu desculpas por “um erro involuntário” que cometeu no dia anterior, ao apresentar os números relativos à distribuição de casos por sexos.

Tempo

Multimédia