Sociedade

Covid-19: Mais 30 toneladas de biossegurança vindas da China

Alberto Quiluta

O país conta, desde ontem, com mais 30 toneladas de materiais de biossegurança e camas, provenientes da China, para a prevenção e combate da pandemia da Covid-19.

abinda será a primeira província a receber o material
Fotografia: Edições Novembro

O secretário de Estado para a Área Hospitalar, Leonardo Inocêncio, disse que os materiais serão distribuídos em todas as províncias do país, sendo que Cabinda será a primeira beneficiária, devido ao cordão sanitário criado na comuna de Massabi, município de Cacongo. Seguir-se-ão depois as províncias da Lunda-Norte, Lunda-Sul, Moxico e Cuanza-Norte.

Leonardo Inocêncio referiu que ainda falta material para completar as 380 toneladas de material médico, adquiridas naquele país asiático.

Tempo

Multimédia