Sociedade

Defendido apoio às autoridades nacionais

Manuela Gomes

As autoridades angolanas podem e devem sempre contar com o apoio incondicional das igrejas, garantiu no domingo, em Luanda, o reverendo do Ministério da Assembleia de Deus Pentecostal do Maculusso.

Templo acolhe sete mil pessoas e dispões de vários serviços
Fotografia: Paulo Mulaza | Edições Novembro

Francisco Domingos Sebastião, que falava à margem da inauguração do Complexo Eclesiástico da Assembleia de Deus Pentecostal do Ministério do Maculusso, no distrito urbano de Talatona, em Luanda, destacou o papel da igreja perante a sociedade e disse que por se tratar de uma instituição idónea não pode ser confundida como se fosse um espaço para charlatães.
O reverendo, que também é o representante da congregação em Angola, disse que  a inauguração do templo representa o culminar de um grande sonho que dura há 30 anos. “Sempre sonhámos ter este espaço de convergência para todos poderem adorar a Deus em espírito e em verdade, num lugar com honra. Sempre pensámos que era possível o corpo de Cristo ter um espaço de adoração condigno. Acreditámos, trabalhámos e aqui está o fruto para a nossa igreja”, disse o representante da congregação em Angola, para quem o complexo eclesiástico inaugurado não representa só um ganho para o Ministério do Maculusso, mas também para o corpo de Cristo em geral.
O pastor presidente caracterizou a igreja em Angola como um feito que ainda não atingiu a satisfação necessária. “A insatisfação é uma característica do ser humano, logo queremos sempre mais e preciso corrermos para atingirmos as nossas metas”
  Francisco Domingos Sebastião admitiu que a palavra de Deus já ocupa lugares cimeiros, e disse que hoje se fala e se canta a palavra de Deus em lugares antes nunca vistos, e explicou que a igreja conseguiu alargar as suas estacas, quer no ponto de vista estrutural quer espiritual e psicológico.
 O templo inaugurado alberga sete mil pessoas. Dispõe de  farmácia, salas de aula, anfiteatro para 350 lugares, escritórios, biblioteca e centro médico.
No domingo foi realizado um culto de adoração, presidido pelo pastor Francisco Domingos Sebastião.

Tempo

Multimédia