Sociedade

Degradação do troço irrita governador

César Esteves |

O governador da província de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, manifestou-se desapontado com a degradação da avenida Ngola Kiluanji e com o  atraso na construção do centro de saúde local, durante uma visita de campo, efectuada ontem ao município do Cazenga.

Governador orientou a rápida recuperação da via
Fotografia: Miqueias Machangongo | Edições Novembro

Adriano Mendes de Carvalho constatou a presença de uma enorme “cratera” de cerca de dois metros de profundidade e de largura, que se encontra num dos troços da Avenida Ngola Kiluanji, há dois anos, provocada pela EPAL, que, na altura, efectuou trabalhos na via sem tapar, causando enormes transtornos à circulação rodoviária e com muitos acidentes à mistura.
O estado actual da rua  Porto Santo, que dá acesso à NOCAL, também constitui preocupação. Quando chove fica muito alagada, impedindo a circulação automóvel e provocando transtornos aos peões. Insatisfeito com o que viu, o governador prometeu conversar com a ministra da Indústria para, em conjunto, encontrarem solução  para o problema daquele troço.
A antiga estrutura do centro de saúde do Hoji Ya Henda foi demolida, há quatro anos, e no local foi projectada a construção de uma nova estrutura, só que até ao momento não saiu do papel.

Tempo

Multimédia