Sociedade

Desabamento de casa mata duas crianças

Jesus Silva | Lobito

Duas crianças da mesma família, do sexo feminino, com idades entre os três e seis anos, morreram no bairro da Bela Vista Baixa, município portuário do Lobito, em consequência do desabamento da residência precária em que viviam, depois da chuva que se abateu na noite de sábado na província de Benguela.

Imagem da casa no bairro da Bela Vista Baixa que desabou
Fotografia: DR

Segundo o administrador do Lobito, três outras pessoas da mesma família ficaram feridas e foram evacuadas para o Hospital Municipal pela equipa de salvamento afecto ao Serviço de Protecção Civil e Bombeiros.
Nelson da Conceição disse que a mãe das vítimas foi assistida no Hospital do Lobito, tendo recebido alta na tarde de ontem, mas uma outra criança continua internada e deverá ser submetida a uma intervenção cirúrgica amanhã.
O porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros do Comando Provincial em Benguela, subinspector, Eduardo dos Santos, deu a conhecer que na passada quinta-feira foi resgatada mais uma criança vítima das chuvas que no município da Catumbela, no passado dia 16, matou 16 pessoas no Lobito, Catumbela e Benguela.
Com essas duas mortes, sobe para 18 o número de vítimas da chuva registadas nos últimos oito dias em Benguela, disse a fonte.
A Administração Municipal do Lobito tem um projecto de construção de 1.750 casas para as pessoas que vivem em zonas de risco que têm que ser desalojadas, sob pena de evitar mortes durante o período de chuva.
Nelson da Conceição disse que a Administração vai continuar a trabalhar na limpeza das valas de drenagem, reposição das comportas anti-marés, reparação e reabilitação total da via rápida Catumbela/Africano.
Atenção especial deve ser dada as valas do bairro da Luz e Lobito-Velho.

Tempo

Multimédia