Sociedade

Directora do ISCED foi distinguida com a “Ordem das Palmas Académicas”

Carla Bumba

A directora do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), Esperança Peterson, foi galardoada, na quarta-feira, em Luanda, com as insígnias de “Cavaleiro da Ordem das Palmas Académicas”, pela Embaixada da França, pelo seu empenho no ensino da Língua Francesa e da Educação em Angola.

Académica foi distnguida pelo empenho no ensino da língua
Fotografia: Eduardo Pedro | Edições Novembro

Esperança Peterson é a primeira mulher a exercer o cargo de chefe do departamento de Francês no ISCED, a chefiar a direcção da instituição e a obter o grau de Mestrado e Doutoramento no domínio da didáctica do Francês. Contribuiu para a criação do Gabinete de Estudos da Língua Francesa em Angola.
Sylavain Itté reconheceu as qualidades de Esperança Peterson, sublinhando que ela sempre esteve preocupada em promover o ensino da língua francesa.
A homenageada agradeceu o gesto sublinhando que a sua dedicação ao ensino da língua francesa tornou-se uma paixão há três décadas.
Esperança Peterson lembrou que a cooperação entre a França e Angola permitiu a pós-graduação de um grupo de professores angolanos, formadores, de que ela fez parte.
“O nosso anseio é fortalecer a cooperação entre os dois países nos domínios científico, cultural e tecnológico, bem como a contribuição contínua para o desenvolvimento do ensino da língua francesa em Angola”, sublinhou.
No âmbito da colaboração no sector da Educação, destacou a elaboração de manuais escolares e de outros meios didácticos, como caderno de actividades, guia do professor e o dicionário intercultural que estão em preparação.

Tempo

Multimédia