Sociedade

Directório facilita contactos

João Dias |

As empresas nacionais são chamadas a utilizar as novas tecnologias de comunicação e informação para optimizar os recursos financeiros e humanos, bem como o capital tempo, disse ao Jornal de Angola Inês da Silva, directora executiva da empresa Cimoni, criadora do Angocontactos, um directório angolano de empresas na Internet. 

As empresas nacionais são chamadas a utilizar as novas tecnologias de comunicação e informação para optimizar os recursos financeiros e humanos, bem como o capital tempo, disse ao Jornal de Angola Inês da Silva, directora executiva da empresa Cimoni, criadora do Angocontactos, um directório angolano de empresas na Internet. 
“As empresas não devem resistir a uma ferramenta tão importante para as exigências do tempo actual. As tecnologias sempre foram uma boa aliada para o sucesso das empresas e claro que é preciso saber tirar partido delas”, afirmou. 
O Angocontactos é um portal de negócios que surge para suprir as exigências do mercado nacional, que tem vindo a registar uma grande expansão.
Pretende-se com o portal informar o público sobre a presença física e virtual das empresas no mercado angolano, assim como facilitar a comunicação e a troca de bens e serviços, independentemente da sua localização geográfica.
Esta ferramenta, disse Inês da Silva, tem também como objectivo promover as actividades e produtos das empresas e facilitar os seus contactos em Angola e no estrangeiro.
 “As empresas podem dar a conhecer ao público os produtos disponíveis, assim como publicar informações sobre os novos produtos e serviços”, explicou.
A intenção, prosseguiu, é que as empresas criem uma interacção com o próprio cliente e possivelmente com as outras empresas, gerando, em alguns casos, fortes parcerias. A ferramenta permite que os clientes possam fazer encomendas “on-line”.
Criado em 2006, o portal tem cerca de 400 empresas registadas e organizadas por país e ramo de actividade. O cliente pode aceder ao portal para saber o que elas têm para oferecer.
As empresas que publicitam no portal podem ter uma página para interagir com os clientes. O espaço tem uma loja virtual e um local para informações diversas acerca das empresas e da sua actividade. Todas as notícias são indexadas na página principal, para que as pessoas tenham rápido acesso a elas.
Os resultados, segundo a responsável da empresa, são bons, numa altura em que empresas chinesas, portuguesas, brasileiras e de outros pontos do mundo já estão a divulgar os seus bens e serviços através da ferramenta disponível.
“Queremos promover as empresas nacionais, para que o mundo as conheça, tornando fácil a formação de novas parcerias”, disse Inês dos Santos, qualificando o nível de adesão às tecnologias por parte das empresas angolanas como “ainda pequeno”.
O Angocontactos tem disponível uma base de dados destinada ao alojamento de  currículos.
O espaço de carreiras e currículos permite às empresas escolherem, caso necessário, o currículo que se adequar ao perfil de candidato que precisam para a vaga.

Tempo

Multimédia