Sociedade

Dom Afonso Nunes: Ontem foi um domingo especial

André Sibi

O bispo da Igreja Tocoísta, Dom Afonso Nunes, manifestou-se regozijado com o reinício dos cultos.

Bispo da Igreja Tocoísta, Dom Afonso Nunes
Fotografia: DR

Dom Afonso Nunes, que falava à imprensa, no termo da missa dominical que marcou o regresso aos cultos, disse que ontem foi “um dia especial” seis meses depois de uma paralisação generalizada por força da Covid-19.  

“Faltam três dias para se completar seis meses depois da paralisação das adorações públicas por força da pandemia, razão pela qual aproveitamos o momento para ensinar o povo como deve encarar o actual contexto que o mundo está a atravessar, para que tenhamos força, fé e coragem de enfrentar e ultrapassar o actual contexto”, disse.

A profetiza Suzette João Francisco, da Igreja Teosófila Espírita, disse que durante o culto muitos fiéis choraram, louvaram e agradeceram a Deus pela oportunidade de voltarem a adorá-lo em espírito e em verdade publicamente. Garantiu que todas as condições de biossegurança foram criadas para que os fiéis possam assistir, numa primeira fase, dois cultos dominicais.

Tempo

Multimédia