Sociedade

Estudantes de Electricidade trabalham nas comunidades

Victorino Joaquim

Finalistas do curso de Electricidade do Instituto Politécnico de Cacuaco vão, a partir do próximo ano, intervir na solução dos problemas eléctricos nas comunidades, revelou ontem, em Luanda, o director-geral da instituição, Ventura Salvador.

O projecto, anunciado à margem da abertura da terceira edição da Feira de Tecnologia e de Empreendedorismo, tem o apoio da Empresa Nacional de Electricidade (ENDE) e surge como uma oportunidade para os estudantes, após a formação, poderem aliar a teoria à prática e estarem preparados para o mercado de trabalho.
Ventura Salvador sublinhou que os estudantes vão “bater às portas”dos cidadãos, para identificar os problemas e, com apoio da ENDE, encontrar a solução. Além disso, vão colher experiências dos técnicos em serviço.
A terceira edição da Feira de Tecnologia e de Empreendedorismo, promovida pelo Instituto Politécnico de Ca-cuaco, decorre desde ontem até ao dia 16, para celebrar o 11º aniversário da instituição.
Durante os três dias, 60 expositores, entre alunos e instituições, vão mostrar material de construção, artesanato, livros para todos os gostos, pintura e desenho. Ontem, as principais atracções foram dois jovens do curso de Electricidade, Teodoro José e Tembo Vango, que apresentaram um projecto de iluminação, a partir de baterias feitas com latas de gasosa.
Até sábado são realiza-das palestras com temáticas diversificadas sobre tecnologias de informação e comunicação. Estão convidados prelectores ligados aos Ministérios das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, Energia e Águas, Ordenamento do Território e Habitação e Ensino Superior, além do Centro Integrado de Formação Tecnológica (Cinfotec) e o Instituto Nacional e Gestão de Bolsas de Estudo (Inagbe).
O programa da feira inclui visitas de estudo à estação da Empresa Pública de Águas (EPAL), à Refinaria de Luanda, ao Cinfotec, ao Zango 0 e 8.000, à Faculdade de Engenharia, à estação do Angosat na Funda e à Assembleia Nacional.
Uma campanha de doação de sangue para o Hospital Municipal de Cacuaco é realizada durante a feira. No espaço vai ser feita recolha de material didáctico e tecnológico  para ser distribuído nas escolas e centros de acolhimento de crianças desfavorecidas, do município de Cacuaco.

Tempo

Multimédia