Sociedade

Explosão de engenho mata cinco pessoas na comuna da Môngua

Elautério Silipuleni | Ondjiva

Cinco pessoas morreram e uma ficou ferida, ontem na comuna da Môngua, município do Cuanhama, província do Cunene, na sequência da deflagração de um engenho explosivo, quando uma motorizada de três rodas que os transportava accionou na mina anti-tanque.

Fotografia: DR

Genitório Eduardo, sobrevivente do acidente, internado no Hospital Geral de Ondjiva, que conduzia o veículo motorizado, disse ao Jornal de Angola que o caso ocorreu quando saia do mercado da Môngua, de regresso a casa.

O motorista da motorizada foi submetido a uma cirurgia devido aos ferimentos e encontra-se em observação médica para sua recuperação no Hospital Geral de Ondjiva. Segundo uma enfermeira em serviço na unidade sanitária, o doente recupera satisfatoriamente, apesar dos ferimentos graves que sofreu no acidente como fracturas nos dois membros inferior e superiores.

Os acidentes com engenhos explosivos na província do Cunene são recorrentes, fruto de mais de três décadas de conflito armado com vários intervenientes. De recordar que a comuna da Môngua, durante muitos anos foi palco de muitos confrontos militares, razão pela qual ainda ocorrem vários acidentes com minas e outros engenhos explosivos.

 

Tempo

Multimédia