Sociedade

Fundação Sol doa bens ao Sanatório

A Fundação Sol  doou este sábado diversos bens alimentares, fármacos, material gastável e cadeiras de rodas ao Hospital Sanatório de Ndalatando, capital do Cuanza-Norte.

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

Foram entregues, em cerimónia presenciada pelo governador provincial do Cuanza-Norte, José Maria Ferraz dos Santos, e o presidente do conselho de administração do Banco Sol, Coutinho Nobre Miguel, 500 quilos de bens alimentares compostos por arroz, óleo, fuba de milho, leite, iogurte, açúcar e feijão. Do material gastável constavam luvas, seringas, máscaras cirúrgicas e toucas.
Foram também entregues oito camas, sistemas de infusão, repelentes, cadeiras de rodas, cadeiras para colecta de sangue e diversos medicamentos.
A presidente da Fundação Sol, Tânya Sarinha Silvestre, disse que a acção insere-se no programa de responsabilidade social do Banco Sol, mais especificamente, no âmbito da solidariedade e apoio a pessoas carentes.
O director provincial da Saúde em exercício, Mbiavanga Eduardo Alves, frisou que o gesto da Fundação Sol vai ajudar a colmatar um leque de dificuldades com que a instituição se debate: “O Hospital Sanatório  conta com 40 camas para internamento e dispõe de condições médicas e medicamentosas para atender a todos os que procurem pelos seus serviços.”
A fundação sol projecta ser uma parceira do Estado, com o objectivo de ajudar a minimizar as carências das populações em situação vulnerável e contribuir para o desenvolvimento do país. Tem como missão, entre outras, estabelecer conexões com as diversas fundações existentes a nível nacional e internacional e garantir a excelência dos serviços prestados pelas mesmas. 

Tempo

Multimédia