Sociedade

Governador do Bié apela à calma

A Comissão Provincial de Combate à Covid-19 anunciou, ontem, o isolamento da Aldeia de Capeio (Cunhinga), cerca de 30 quilómetros do Cuito.

Governador do Bié apela à calma
Fotografia: DR

A informação foi dada ontem pelo coordenador da Comissão Provincial de Combate e Prevenção à pandemia da Covid-19, o governador provincial Pereira Alfredo, que se deslocou, com outros membros da equipa, ao município do Cunhinga para avaliar de perto as condições e realidades da zona.

Pereira Alfredo anunciou para hoje o rastreamento das pessoas que tiveram contacto com o primeiro caso positivo da pandemia no Bié. Ressaltou que a Comissão de Combate à Pandemia está a avaliar a situação e ver as medidas mais adequadas para fazer face à situação. Sublinhou que o cidadão infectado está num dos centros de tratamento.

O governador lembrou que se trata de um caso importado de Luanda e apelou à população para manter a calma.

O director do Gabinete Provincial da Saúde e porta-voz da comissão, João Campos, informou à imprensa que vai se intensificar a vigilância epidemiológica no Cunhinga .

Acrescentou que nessa altura decorrem buscas activas na localidade da Capunda, onde o doente teve contacto com mais cidadãos. O caso positivo reportado sábado, no Bié, envolve um cidadão que violou a cerca sanitária de Luanda e refugiou-se no município do Cunhinga.

Segundo a fonte, após a recolha de amostras, enviadas a Luanda, o cidadão tinha fugido do centro de quarentena para parte incerta, mas “felizmente foi encontrado”. “É assintomático e está internado no Centro de Tratamento da Cavanga II, no Cuito”, referiu.

Afirmou que o centro dispõe de excelentes condições para o tratamento positivo da Covid-19.

De acordo com o médico João Campos, na província do Bié cumprem quarentena institucional e domiciliar cem cidadãos, cujas amostras foram recolhidas ontem e enviadas a Luanda, onde se vai confirmar os resultados.

Tempo

Multimédia