Sociedade

Guarda mata patrão a tiro e rouba milhões de kwanzas

André da Costa

Vitorino Reis, 26 anos, vigilante afecto a uma empresa de segurança, matou a tiro o proprietário da residência em que trabalhava, identificado por Dão Trungono, 30 anos, de nacionalidade vietnamita, tendo roubado a quantia de quatro milhões de kwanzas.

Fotografia: DR

Segundo a Polícia Nacional, o crime ocorreu no bairro Chinguar, no distrito urbano do Benfica, segunda-feira última, quando o segurança munido com uma espingarda do tipo AKM entrou na residência da vítima e exigiu que lhe  fossem entregues os valores monetários que estavam guardados num cofre.
O guarda disparou contra o patrão, tendo atingido a região do abdómen, causando morte imediata. Acto contínuo, arrombou o cofre  e roubou os valores monetários e pôs-se  em fuga, tendo sido mais tarde capturado pelas forças da ordem.
No mesmo dia, no bairro do Grafanil, na rua do Campo Militar, em Viana, meliantes não identificados arrombaram a porta da residência da cidadã  Isabel Domingos e, sob ameaça de uma arma de fogo, levaram 232 mil kwanzas.
No bairro do Capalanga, em Viana, o cidadão Isaac Simão, 30 anos, foi assaltado, em pleno táxi, por quatro indivíduos que, sob ameaça de arma de fogo, levaram  65 mil e um cartão multicaixa.

Tempo

Multimédia