Sociedade

Hospitais de Talatona reforçados com técnicos

Os 180 técnicos de saúde colocados no município de Talatona, em Luanda, serão hoje submetidos a uma formação intensiva para melhor conhecerem a realidade na circunscrição.

Técnicos vão prestar serviços em 17 unidades sanitárias
Fotografia: Nilo Mateus | Edições Novembro

Os sete médicos, 121 técnicos superiores de enfermagem,16 médios e 33 terapêuticos de diagnósticos, vão ser desdobrados em 17 unidades sanitárias do município.
Em declarações à Angop, a directora municipal da Saúde de Talatona, Claudineth Cerqueira, explicou que, independentemente das competências técnicas que os profissionais trazem, é necessário terem um domínio das enfermidades mais comuns nas áreas de atendimento.
A apesar do número não satisfazer a necessidade da comunidade, ainda assim, a responsável considerou ser um reforço para as salas de parto, centros materno- infantis, enfermarias e em todas as áreas, onde os técnicos serão necessários. De acordo com Claudineth Cerqueira, o município regista, no sector da Saúde, diversas dificuldades nas 17 unidades sanitárias existentes, apenas duas têm orçamento e as demais funcionam com uma verba de oito milhões mensais.
Como estratégia para extensão da rede sanitária municipal, a médica espera que um dos três centros de saúde, com obras paralisadas, seja abrangido no programa de investimento público.
As palestras, a distribuição de mosquiteiro impregnado, limpeza e manutenção das nove valas de drenagem, assim como a fumegação fazem parte do programa de Luta Contra à Malária em curso naquele município.O município de Talatona necessita de mil 161 técnicos de saúde para a cobertura das suas necessidades.

Tempo

Multimédia